• RSS Ultimos Toques…

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

O que um entrevistador procura em um candidato?

Marcus Ponce

 

Dando continuidade ao artigo “O que o entrevistador deve procurar em um Candidato”, apresento as últimas sei perguntas mais comumente realizadas. O presente texto certamente levará Entrevistadores e Candidatos a uma profunda reflexão acerca desta etapa decisiva do Processo Seletivo.

7 – O que mais o(a) deixava desmotivado(a) em sua última empresa?
O que mais o(a) deixa desestimulado(a) em sua atual empresa?

É nesta ocasião que o entrevistador vai verificar o que de fato agrada o candidato em um ambiente organizacional, bem como quais os fatores que o desestimulam. Nesta ocasião também, o entrevistador deve tentar extrair o máximo de informações do candidato sobre suas necessidades de reconhecimento profissional, reconhecimento pessoal, ascensão social, proteção, conquistas financeiras e de estar fazendo parte de um grupo, mas sempre com muita habilidade e sensibilidade.

O entrevistador poderá ter uma perspectiva de como a Organização poderá motivar o seu futuro executivo/funcionário e traçar uma estratégia de treinamento para atingir tal motivação.

Também poderá ser avaliado o porquê do candidato estar procurando uma nova oportunidade de trabalho. Este motivo deve ser muito bem explorado pelo entrevistador, pois ele pode revelar aspectos ainda não conhecidos ou trabalhados adequadamente no correr da entrevista.

Dentre os aspectos relevantes que podem motivar ou desestimular um profissional, podemos elencar:
Estabilidade no emprego;
Perspectivas de Carreira na empresa;
Solidez da Organização;
Programas de reconhecimento pessoal;
Plano de Benefícios;
Desafios oferecidos;
Possibilidade de remuneração comissionada;
Programa de treinamento/aperfeiçoamento profissional.

8 – Você possui religião? Qual? Fale-me a respeito.

O foco aí não é simplesmente de saber se o candidato possui religião ou qual seja ela, é muito maior. Falando sobre sua religião o candidato abrirá, sempre, aspectos relativos à sua vida familiar e pessoal, o que o aproximará mais do entrevistador.

O candidato mostrará suas características de solidariedade e filantropia. O entrevistador poderá sentir, neste momento, com que convicção e orgulho o candidato fala a respeito de suas crenças (isso refletirá a crença futura do candidato na própria filosofia da empresa). O entrevistador deve buscar aí, o brilho nos olhos do candidato.

É também aí que o candidato poderá mostrar sua capacidade de cultivar relacionamentos, se relacionar com pessoas e tratá-las com carinho e diferencial. Isso tem muito a ver com CRM.

O candidato não deve se sentir melindrado com essa pergunta, embora boa parte deles se sinta desta forma.
A entrevista de Seleção nada mais é do que uma série de oportunidades que são dadas para o candidato mostrar suas características.

9 – O que entende por empreendedorismo?
10 – Você se considera uma pessoa empreendedora? Por quê?

Pode parecer lógico demais, entretanto, poucos profissionais sabem corretamente o significado desta palavra. Ser empreendedor não é mais um atributo desejável em um bom candidato, e sim uma característica importantíssima!

O verdadeiro empreendedor é aquele profissional que sabe que deve abrir mão de alguma coisa hoje para colher os louros da vitória amanhã. O empreendedor investe tempo, sacrifica interesses pessoais, abre mão de facilidades, investe em aprendizado e possui, invariavelmente, foco no amanhã!

Assim, o entrevistador deve procurar tais características em seu candidato, perguntando o que ele entende por empreendedorismo e pedindo adicionalmente, exemplos práticos em sua vida profissional em que aplicou tal conceito.

O candidato, por sua vez, deve procurar compreender o que realmente significa tal palavra, tal conceito, e se conscientizar da necessidade de ser um empreendedor. Sendo assim, deve buscar em seu passado profissional, fatos concretos onde, mesmo sem saber, tenha tido uma atitude empreendedora.

Jamais devem ser dados exemplos generalistas de atitude empreendedora; o candidato deve sempre dar o seu exemplo, de forma objetiva a clara.

11 – Você se considera persuasivo(a)?

Este é um ponto capital da entrevista. Certamente, todos os candidatos responderão que sim. Entretanto, cabe ao entrevistador verificar a veracidade de tal afirmação. Devem ser realizadas, então as seguintes perguntas:
O que o faz pensar assim?
Você poderia citar um episódio de sua vida que possa explicar tal convicção?
No que você acredita que esse seu poder pode agregar valor à nossa Organização?

É sabido que, em qualquer atividade no atual mercado de trabalho, é desejável que qualquer profissional possua um certo poder de persuasão. Isso pode, no mínimo, alavancar sua própria carreira. Se o “business” da Organização é a área comercial, essa característica deve ser interpretada como de vital importância para o sucesso e sobrevivência do profissional na atividade.

12 – Quais são seus projetos de vida?

Jamais deve ser esquecido pelo entrevistador que os profissionais de sucesso sempre têm suas metas de vida pessoal e profissional muito bem desenhadas e definidas. Estas metas, que podemos chamar de Projetos de Vida, irão traduzir ao entrevistador, a dedicação do profissional ao seu trabalho em busca do atingimento de suas metas. Quanto mais arrojadas (porém factíveis) forem as metas do candidato, maior será seu empenho em consegui-las, principalmente se elas forem claras e bem delineadas. O profissional sem metas e projetos de vida bem definidos, claros e mensurados, possui suas atitudes difusas e seu esforço se torna escasso de orientações.
É como nadar sem saber para onde ir ou quando deve chegar!!!

Todo profissional de talento e sucesso deve possuir suas metas bem definidas, incluindo valores e prazos estimados para sua consecução. Isso pode se constituir em um poderoso diferencial no mercado de profissionais de ponta.

13 – Você pratica algum tipo de esporte?

Em uma análise mais imediatista, parece uma pergunta dispensável, que em nada tem a ver com o foco de uma entrevista de seleção. Ledo engano.
Vamos então traçar rapidamente um perfil do praticante de esportes (aí não importa se o candidato os pratica ou se os praticara no passado):
Dedicadoaostreinamentos;
Disciplinado;
Autônomo;
Busca resultados;
Efetua sacrifícios pessoais;
Competitivo;
Visão no amanhã;
Orgulho de seus sucessos.

Será que uma empresa possui alguma dúvida acerca dos benefícios que um profissional deste pode dar a ela em termos de resultados? Mas o entrevistador deve saber extrair isso do candidato. Facilmente os olhos do candidato brilharão ao falar de suas vitórias no esporte, de suas dificuldades.

Existe uma riqueza de informações que podem ser observadas a partir desta pergunta, dependerá da habilidade do entrevistador somente.

 

 

About these ads

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: